top of page
Buscar
  • Foto do escritorCENTRO DE EXTENSÃO DE MARIANA - CEMAR

Proposta que busca uma pedagogia decolonial tem ganhado espaço no cenário educacional brasileiro.

Atualizado: 20 de jul. de 2023

Coordenado pelo professor do DELET Bernardo Nascimento de Amorim e inspirado nas ideias de Walsh (2009), o projeto de extensão “Áfricas em trânsito: diálogos mediados pelas linguagens da literatura, do cinema e da música africanos”, se baseia na interação dialógica e utiliza a literatura, o cinema e a música africanos como objetos de troca entre sujeitos da universidade e da educação básica.


Com a parceria dos colegas da Escola Estadual João Ramos Filho e o suporte do Museu Casa Alphonsus de Guimaraens, a iniciativa tem como objetivo contribuir na implementação das leis que exigem o ensino das histórias e das culturas africanas e afro-brasileiras no país, além de combater as ideologias racistas ainda presentes na sociedade.


A proposta visa estimular o diálogo intercultural e a valorização da diversidade étnica, promovendo uma educação inclusiva e que respeite as diferentes culturas presentes na sociedade brasileira:


“Acreditamos que essa abordagem pode ser uma ferramenta importante para o combate ao racismo estrutural e para a promoção da igualdade racial em nosso país.” - Fragmento extraído do resumo do projeto


Com a colaboração de diferentes instituições e sujeitos envolvidos na educação, essa proposta pode contribuir significativamente para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.










6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page