top of page
Buscar
  • Foto do escritorCENTRO DE EXTENSÃO DE MARIANA - CEMAR

Extensão universitária pode contribuir para a inclusão social no Brasil

A educação brasileira, por meio da prática da extensão, pode ajudar a combater a exclusão social de diversos grupos. Universidades, escolas e outras instituições têm promovido ações pautadas na cidadania e na transformação social, contribuindo para a inclusão e valorização de povos indígenas, populações negras, quilombolas, ribeirinhas do campo e da cidade, LGBTQIA+, povos de matriz africana, comunidades ciganas, crianças, jovens, adultos e idosos, pessoas com deficiência, pessoas em situação de rua e outros em condições de vulnerabilidade.

Para fortalecer essa contribuição, têm surgido iniciativas de curricularização da extensão e de órgãos voltados para a promoção de políticas de cultura.

O Grupo de Trabalho (GT) Educação e Extensão busca reunir experiências e reflexões sobre as ações extensionistas e os desafios constitutivos das diretrizes da extensão, com temas como a interação dialógica, a interdisciplinaridade, a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, os impactos na formação do estudante e o impacto e transformação social.

O GT tem como objetivo promover a discussão e o compartilhamento de conhecimentos e práticas relacionados à extensão universitária e sua contribuição para a inclusão e transformação social.

As inscrições podem ser realizadas pelo site: https://www.educacao2023.laboratoriosocial.com.br/atividade/hub/gts.












9 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page